O IMASF é uma Autarquia Municipal, fundada em 16 de novembro de 1964. Hoje é gerido com 75,3% de recursos oriundos dos próprios Beneficiários e 24,7% de recursos oriundos de benefício para a assistência médica disponibilizados pelos empregadores municipais a seus Servidores.

O gerenciamento do IMASF é feito em duas instâncias, uma deliberativa, superior, formada por um Conselho de Administração, composto por sete membros titulares e sete suplentes, todos eleitos por votação direta, e por uma Diretoria Executiva, cujo Diretor Superintendente é nomeado pelo Prefeito, a partir de uma lista tríplice de Conselheiros. Esse Diretor, juntamente com seus auxiliares, gerenciam a Autarquia.







Nossa História

1964É Fundado o IMP - Instituto Municipal de Previdência de São Bernardo do Campo (Lei Municipal nº 1258/64), com a finalidade de prestação de assistência médica e previdenciária aos Servidores Públicos Municipais e Autárquicos. Por dois anos, os Segurados contribuem, sem usufruir qualquer benefício, para a formação dos recursos que possibilitaram a implantação da assistência médica e previdenciária, já existente desde 1962 - Fundo de Previdência Social (Lei Municipal nº 1033/62).

1966O Instituto é regulamentado pela (Lei Municipal nº 1429-A/66.

1973É criado o Fundo de Reservas Técnicas (Lei Municipal nº 2030/73), responsável pela Assistência Previdenciária aos Servidores Estatutários. O Instituto passa a se dedicar exclusivamente à assistência médica à Categoria.

1994Lei Municipal nº 4172/94 implanta o regime Jurídico Único na Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo. Os servidores antes regidos pela CLT (Celetistas) passam a ter a opção de se inscreverem como segurados do IMASF ou optarem pelo plano de saúde alternativo pelos empregadores (em contratos com terceiros).

1999É alterada a denominação do Instituto (IMP) para IMASF - Instituto Municipal de Assistência à Saúde do Funcionalismo (LM. 4831/99), que passa a oferecer aos Servidores três opções de planos de saúde (Familiar Básico, Individual Intermediário e Individual Especial I). Para os planos individuais as contribuições passam a ser "per capita" (por pessoa) e por faixa etária, substituindo o percentual fixo sobre o salário.

2006Através da Lei Municipal nº 5494/06, o IMASF passa a prestar assistência médica: a) diretamente, aos optantes dos planos individuais Intermediário e Especial; b) através de convênio firmado pela Administração Municipal Direta e Indireta, aos optantes do sistema de contratação de terceiros e aos beneficiários inscritos no Plano Básico da Lei Municipal nº 5078/02.

É criado o PFGB – Plano Familiar Geral Básico, formado pelos servidores inscritos no Plano Básico da Lei Municipal nº 4831/99 e pelos servidores inscritos no plano alternativo dos empregadores (Lei Municipal nº 4172/94), por força do convênio 01/2006 firmado entre a Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo e o IMASF. O PFGB passa a ser gerido pelo IMASF em rede diversa da oferecida aos planos individuais Intermediário e Especial.

2010A partir de 1º de outubro foi firmado o contrato de prestação de serviços médicos com a empresa Green Line Saúde, como resultado de licitação pública para atendimento dos segurados optantes pelo PFGB.


Passado e Presente

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player